CONSELHO AOS VIAJANTES

Apesar de a Irlanda se encontrar na segunda das quatro fases previstas para a progressiva reabertura do país, o Governo irlandês mantém de momento em vigor várias medidas de prevenção sanitária, nomeadamente a exigência de autoisolamento para os viajantes que cheguem à Irlanda e, para a população em geral, a obrigatoriedade de autoisolamento no caso de sinais de contágio, bem como o código de higiene e distanciamento social

As deslocações, a interação social e o acesso a vários locais públicos, de comércio e entretenimento estão assim sujeitas a condicionamentos que irão sendo progressivamente aumentados á medida que se passe para a fase seguinte do processo de abertura.

Para informações mais detalhadas sobre a resposta ao novo coronavírus e as restrições em vigor, aconselha-se a consulta à página eletrónica https://www.gov.ie/en/publication/e885b2-covid-19-coronavirus-travel-advice/, que é atualizada por estas autoridades sempre que introduzam alguma alteração ao regime em vigor.

Os cidadãos nacionais que entrem na Irlanda a partir do dia 28 de maio devem permanecer em isolamento profilático (“quarentena”) durante 14 dias, podendo a permanência no local de confinamento por si indicado ser verificada regularmente pelas autoridades policiais e de saúde. Este regime permanecerá em vigor até 18 de junho, momento em que poderá ser revisto.

Antes de viajarem para a Irlanda, os passageiros, turistas ou residentes, terão obrigatoriamente de preencher um formulário online, como descrito em https://www.gov.ie/locatorform e indicar os respetivos dados pessoais e de viagem. Aconselha-se a leitura atenta e regular das informações disponibilizadas pelo Governo da irlanda sobre esta medida.

Informação atualizada sobre as exceções ao regime de quarentena poderá ser obtida através da consultada ao site acima mencionado.  

Em caso de dúvida sugere-se a consulta prévia e atempada aos postos consulares da área de jurisdição a visitar.

  • Partilhe