A Embaixada de Portugal informa que foi publicada no corrente mês a Portaria que define os requisitos de candidatura para acesso e ingresso em instituições de ensino superior portuguesas no ano letivo 2021-2022 por parte de candidatos emigrantes, familiares que com eles residam e lusodescendentes, no âmbito do Programa Estudar e Investigar em Portugal. 

A novidade diz respeito ao alargamento dos beneficiários do contingente especial, que passa agora a incluir lusodescendentes, em conjunto com os emigrantes portugueses e familiares que com eles residam que já estavam abrangidos. O contingente especial reserva 7% das vagas do concurso nacional de acesso para este grupo de candidatos e tem como objetivo responder às legitimas aspirações das novas gerações de jovens portugueses espalhadas pelo mundo.

Para uma mais completa informação sugere-se a consulta do seguinte site:

Portaria n.º 142-A/2021 - DRE

  • Partilhe